domingo, 22 de novembro de 2009

Curiosidades Sobre as Siglas do Metrô

Seguem algumas siglas utilizadas no metrô e na CPTM:

  • AE - Agente de estação
  • AMV - Aparelho de mudança de via
  • ATC - Automatic Train Control. Através da sinalização de via (semáforos nos trilhos), o CCO ou CCOU controla a velocidade máxima de cada trecho da via. O operador tem a liberdade de acelerar, frear e alinhar o trem à plataforma, mas se ele ultrapassar o limite de velocidade para aquele trecho, o trem freia automaticamente. A CPTM utiliza esse sistema e todos os trens de carga que operam em suas linhas devem ter o ATC também. O metrô também utiliza, no chamado MCS (vide abaixo), embora no modo ATO o ATC atua também, reduzindo a velocidade do trem.
  • ATO - Automatic Train Operation. É o sistema que automatiza todas as operações do metrô, acelerando, freando e abrindo as portas sem a necessidade do operador do trem. A CPTM não possui esse sistema.
  • Budd - Apelido dado ao trem da linha 1, cujo projeto é da The Budd Company, embora construído pela Mafersa.
  • BX - Significa baixa aderência, é colocado quando os trilhos estão molhados
  • Carro - Nada mais é do que o "vagão" de passageiros. Às vezes pode se ouvir um PA na estação: "Fulano, favor entrar no segundo trem, carro líder". Carro líder, neste caso, é o primeiro vagão, onde fica o OT.
  • CCO - Centro de Controle Operacional. O metrô possui dois centros.
  • CCOU - Centro de Controle Operacional Unificado, localizado ao lado da estação Brás da CPTM.
  • DSF - Dispositivo supervisor de freios.
  • Manual - Operação sem nenhum tipo de restrição da via. É usado geralmente com problemas na via (famoso Problemas em Equipamentos de Via na região de...). Todos os movimentos dos trens são supervisionados pelo CCO. Velocidade é de 20km/h.
  • MCS - É o modo "semi-automático" do metrô. O operador do trem tem a liberdade que os maquinistas da CPTM possuem, e operam o trem obedecendo o ATC do metrô. É raro os trens do metrô rodarem em MCS. Teoricamente os operadores devem rodar pelo menos alguns minutos em horário de vale em MCS, mas nem em final de semana eles ficam em MCS.
  • NATM - New Austrian Tunneling Mode, outro método de construção/disposição dos túneis.
  • OT - Operador de trem.
  • PA - Public Audience. É o sistema sonoro das estações e dos trens do metrô. Quando você ouve "Próxima estação: Santana" ou "Atenção funcionário da limpeza, comparecer ao SSO", é um PA. Na CPTM é chamado de AP = Aviso ao público.
  • PCDs - Pessoas com deficiência.
  • PK - Ponto Quilométrico, exemplo, 36+345 quer dizer na altura do Km 36.345.
  • PP - Parada Programada. Dispositivo que faz o trem parar automaticamente nas estações, além de abrir e fechar as portas da composição.
  • PP-INOP - Parada Progamada Inoperante, quer dizer que o sistema de parada na estação, que pára o trem, abre e fecha suas portas e depois o libera, está com algum problema. Nesse caso, assume o OT, que alinha o trem em MCS e opera a abertura e fechamento das portas, etc.
  • PVS - Plano de Via Sinalizada, uma espécie de bíblia de todos os técnicos seja de manutenção ou implantação, um desenho onde aparecem todos os circuitos de via , seus respectivos códigos de velocidade, etc.
  • SFO - Sala de Ferramentas Operacionais
  • SGO - Supervisor Geral Operacional
  • SPAP - Sistema de Prevenção de Acidentes na Plataforma. É um sistema emergencial que pode ser acionado da plataforma por qualquer usuário ao visualizar alguém que por acidente (ou vontade própria) tenha caído na via. Pode ser acionado também da SSO da estação, ou do próprio CCO
  • SSO - Sala de Supervisão Operacional
  • TM - Terminal de manobra
  • TM - Trackmobile. Uma "locomotiva" que traciona equipamentos e trens durante a manutenção do metrô.
  • TUE - Trem Unidade Elétrico. É uma composição autônoma, que possui todos os sistemas que o trem precisa.
  • Vagão - Segmento do trem/composição, este termo define um segmento do trem de carga. Quando este segmento carrega passageiros, é chamado de carro.
  • VCA - Vala a céu aberto, um método de construção.
  • VSE - Ventilação e saída de emergência.
fonte: site do Metrô

Nenhum comentário:

Postar um comentário